Fundo do Baú

Em 1998, Olavo de Carvalho já duvidada da “rebeldia” dos movimentos estudantis

Para o filósofo, a juventude costumava se rebelar apenas contra a autoridade mais fraca

Em 1998, a TV PUC SP promoveu um debate sobre ética e moral no mundo contemporâneo. Participaram da conversa o filósofo Olavo de Carvalho o frei dominicano Carlos Josaphat.

O trecho abaixo mostra o posicionamento de Olavo sobre a rebeldia ou o conformismo da juventude. Ao final do raciocínio, o filósofo conclui que é preciso sempre observar se o ato de rebelar-se contra uma autoridade mais fraca não advém do ato de conformar-se com uma autoridade mais forte.

Hoje, os alunos do filósofo repetem como num refrão que “Olavo tem razão”. O Implicante não é profundo conhecedor da obra dele para entrar no coro. Mas não consegue discordar da explanação dada mais acima.

Notícias Recentes

To Top