Blog

Carne Fraca: esquerdistas falam de “conspiração da CIA” por tática narrativa, não loucura

No fundo, nem eles devem acreditar.

Richard Pryor e Gene Wilder em "Cegos, Surdos e Loucos"

Às vezes, determinada tese é tão bisonha, mas tão inacreditavelmente absurda, que parece loucura. Mas nem sempre é o caso, especialmente quando se trata de política e sobretudo nestes tempos em que “narrativas” acabam se sobrepondo a fatos.

É exatamente isso que ocorreu – e ocorre – com a esquerda. Vamos por partes.

Há alguns anos, eles vêm dizendo que as autoridades estão numa grande conspiração para atacar o partido que tanto amam. E aí vem o impeachment, e precisam colocar até o Supremo Tribunal Federal na história. E o líder se torna réu em cinco processos, aumentando o número de conspiradores.

A partir de então, qualquer coisa seria conspiratória. Ou isso, ou o castelo narrativo desmoronaria. Desse modo, a Operação Carne Fraca foi recebida como um plano urdido pela CIA a fim de acabar com nossa indústria de carnes e afins.

Mas não por loucura, e certamente também não por crença efetiva, mas pela necessidade de manter o roteiro inicial.

Notícias Recentes

To Top