Blog

Dilma chamou Temer de frágil, fraco e medroso: então por que o escolheu para vice?

Ou não foi Dilma quem o escolheu?

Ainda na polêmica entrevista para o Valor Econômico, Dilma Rousseff desceu o verbo em Michel Temer. Ao ponto de soar deselegante. Como descrito na matéria, ela chega a fazer pouco das mãos do Presidente da República, tudo isso para descrevê-lo como “frágil”, “fraco” e “medroso”.

“Não acho que é relevante fazer fofoca, conversinha. Posso contar mil coisas do Padilha e do Temer, então? Porque o Temer é isso que está aí, querida. Não adianta toda a mídia falar que ele é habilidoso. Temer é um cara frágil. Extremamente frágil. Fraco. Medroso. Completamente medroso. Padilha não é. A hora em que ele [Temer] começa assim[em pé, mostra as mãos em sentido contrário, com os dedos apertados em forma de gancho]. É um cara que não enfrenta nada!

Bom… Não resta outra pergunta, senão: por que, então, Dilma Rousseff o escolheu para vice? Ou não foi ela quem escolheu?

Mas fato é que, fraco ou não, o governo Temer vem conseguindo caminhar com as reformas que Dilma não conseguia mover. E, bem… Ela era tão durona, forte e corajosa que… Caiu.

Fonte: Valor Econômico

Notícias Recentes

To Top