Implicante

/ Blog

1 de setembro de 2011

Mão Grande: Dilma nega “faxina” contra a corrupção, mas faz propaganda dela na TV

white 15 Mão Grande: Dilma nega faxina contra a corrupção, mas faz propaganda dela na TVKindle

mao grande 1 Mão Grande: Dilma nega faxina contra a corrupção, mas faz propaganda dela na TV

Para agradar o PT e seus aliados, a presidente tem negado em entrevistas e pronunciamentos oficiais que esteja fazendo uma “faxina” em seu governo. O termo começou a ser usado pelo jornalismo para descrever as frequentes trocas de ministros após denúncias de corrupção. Dilma deixou isso claro no dia 24/08, discursando após cerimônia no Palácio do Planalto:

Acho que combate-se o malfeito. Não se faz disso meta de governo. Faxina no meu governo é faxina contra a pobreza. É isso que é a faxina. O resto são ossos do ofício da Presidência. Se houver algum malfeito, eu tomarei providências.

Mesmo assim, a Secretaria de Comunicação da Presidência não hesitou em tentar transformar as demissões ocasionadas por “malfeitos” em mérito da gestão Dilma, como se os corruptos tivessem caído do céu e a própria Dilma não tivesse sido a “gerentona” do governo anterior, tendo trabalhado diretamente por vários anos com grande parte dos ministros e funcionários que começou a demitir agora.

Leiam trecho de reportagem da Folha Online sobre a mais recente série de comerciais de TV do governo, que ficará no ar até o dia 16:

Na peça, de 33 segundos, a frase “o governo combate a corrupção, controla gastos e investe bem” é acompanhada pela imagem de um dedo indicador sobre o prédio de um ministério. Dele, desce uma faixa com a inscrição “fazer mais com menos”.

Veja a propaganda:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=t0x19_ou8mc[/youtube]

Pela localização na Esplanada, o prédio coincide com a sede do Ministério dos Transportes, alvo de uma “faxina” desde julho, após denúncias de corrupção.

(…)

Esse é um dos quatro filmes da campanha “Brasil em boas mãos”, dividida em quatro temas: infraestrutura, economia, educação e social. O combate à corrupção ocupa o dedicado à economia.

A veiculação foi iniciada no dia 7, em meio à crise que levou à queda de Wagner Rossi (PMDB) da Agricultura. O custo da campanha é de R$ 25 milhões.

(grifos nossos)

Nós gostamos tanto desses comerciais da Mão Grande do governo que estamos preparando uma homenagem a eles aqui no Implicante. Aguardem.

compartilhe

Tópicos ,

2 Comentários

  1. Thiago2 de setembro de 2011 às 12:46

    “Fazer mais com menos” … R$ 25 milhões para fazer essa M&%#@? Tá de sacanagem! Mas o povo nem liga para isso, são só “30 segundos”, nem da tempo de pensar direito sobre o que o comercial “divulga”…

  2. Samuel2 de setembro de 2011 às 12:14

    A Mao Grande do Governo do PT,

    Essa mao grande do PT esta na minha carteira!

Publicidade

Enquete

Escolham os nomes dos dois mascotes olímpicos do Rio:

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Publicidade