Blog

Fake News: Felipe Neto está certo no ataque ao Wall Street Journal

O alerta é importante.

Felipe Neto, que faz muito sucesso especialmente entre os mais jovens, publicou um vídeo em que combate a recente campanha da grande imprensa contra veículos alternativos. E cita especificamente o caso de The Wall Street Journal, que teria até mesmo falsificado evidências para seguir adiante na cruzada.

Goste-se ou não do vlogueiro, ele tem razão nisso.

Sob o pretexto de “qualificar” conteúdo, e usando como exemplo casos extremos absolutamente raros e evidentemente errados, há um movimento pesado de grandes empresas de mídia contra os veículos e influenciadores de menor estrutura. E mais: com essa mesma desculpa, o caminho previsível para isso é asfixiar os produtores independentes.

Todo e qualquer vídeo evidentemente ofensivo é retirado de forma quase imediata pelo Youtube, tão logo seja avisado. Isso já acontece. Mas é preciso lançar mão de casos assim, extremos, para depois espalhar a prática aos demais.

O caminho encontrado foi cortar os anúncios, e isso se dá pela pressão dos veículos em cima de empresas. Estas, acuadas, acabam cedendo e retiram anúncios (que se dão por sistema automatizado, mediante preferências/hábitos da audiência). Com a adesão do próprio Youtube, os produtores não atrelados a grandes grupos já podem começar a criar novas formas de remuneração.

Claro que TODO movimento contra produções de fato agressivas e criminosas deve ser endossado. O problema é quando isso serve de mera desculpa para tolher os alternativos.

No mais, eis o vídeo:

Notícias Recentes

To Top