Implicante

/ Blog

11 de outubro de 2012

Joaquim Barbosa, Messianismo e Lula

white 15 Joaquim Barbosa, Messianismo e LulaKindle

joaquimbarbosa Joaquim Barbosa, Messianismo e Lula

Não acho razoável que um Ministro do STF seja alçado à condição de herói, sobretudo pelo fato de apenas cumprir com suas funções. No Brasil, porém, isso acontece com Joaquim Barbosa. Alguns dizem que é pelo fato de não termos heróis ou mesmo porque os corruptos raramente são condenados.

Pode ser.

Mas não se deve culpar nem Barbosa e tanto menos os veículos que agora o colocam como um salvador da pátria. Isso está na raiz do comportamento de nosso povo. Sim, a “culpa” é do povo, no sentido de que adotou os salvadores da pátria e pais-de-pobres que se nos apareceram ao longo da história (não todos, é verdade, mas boa parte).

O último a valer-se desse procedimento populista foi ninguém menos que Lula. Os que hoje condenam o endeusamento de Joaquim Barbosa são EXATAMENTE OS MESMOS que aplaudiam – e ainda aplaudem – a postura messiânica do ex-presidente, alimentada principalmente pelo marketing do próprio partido.

Quando se acusava Lula de populismo, os que hoje condenam os aplausos a Joaquim Barbosa diziam, na época, que era normal, natural, resultado de bom trabalho. Ora, e quais os motivos dessa transformação do ministro do STF em um super-herói? Exatamente o cumprimento de seu dever. Então que também considerem isso normal e natural. E sem dar chiliques pelo fato de ele ter virado herói por condenar a cúpula do PT.

Desse modo, sem cair em teorias mirabolantes ou autores obscuros, a atual unção de Joaquim Barbosa pode e deve ser debitada na conta de quem alimentou durante anos o “mito Lula”. E quis o destino, com sua famosa ironia, que justamente o antigo herói fosse o principal atingido pelo novo salvador da pátria.

O mesmo povo que enaltecia o presidente salvador da pátria é esse que transforma o ministro do STF em herói. É pra lá de imbecil acreditar que há legitimidade num caso e manipulação no outro. Esses petistas precisam parar de gostar do povo só quando o povo concorda com eles.

Quanto ao mais, o choro continua livre, ao contrário de Zé Dirceu, João Paulo Cunha, Genoíno, Delúbio…

compartilhe

Tópicos , ,

5 Comentários

  1. Jailton Marques de Santana22 de outubro de 2012 às 11:00

    O Maior pecado da humanidade é a racionalidade, e dentre ela prevalece sempre a lei de Gerson, ” penso e se penso, primeiro penso em mim”…. Fruto da corrupção ativa e passiva, contagiosa que se alastra por toda a sociedade sem distinção de raça, cor, etnia etc……etc…….,contudo há uma inversão de valores, por conta do principio da moralidade.

    Jailton Marques de Santana
    Economista/Advogado- SP

  2. Rogério Lins13 de outubro de 2012 às 09:39

    A Democracia não é uma unanimidade. Platão era um anti-democrata, dos que se dizem perseguidos pela “ditadura”, poucos eram democratas: a maioria era marxista, leninista ou trotksta. Entretanto, hoje, vivemos em uma democracia, onde o povo é o juiz, a última instância. Não tem sentido portanto, nesse contexto, falar em “culpa do povo”.

  3. Publicitario Reacionario12 de outubro de 2012 às 09:25

    Talvez, o maior sinal da atraso na democracia brasileira seja esse fanatismo e a idolatria. Isso é pessimo porque cega a logica e foge da racionalidade do discurso. O brasileiro tem que parar de construir super-herois. Isso nao tem nada a ver com politica!

  4. Lobsomen11 de outubro de 2012 às 22:02

    Perfeito texto.

    E também pode debitar da conta destas mesmas pessoas os arroubos racistas contra o ministro. E, diga-se, são as mesmas pessoas que pregaram na cruz a moça que postou contra os nordestinos no Twitter .

    Mas os PETEBAS são assim mesmo. Quando oposição queriam uma CPI por semana.

    Agora se retorcem como cobras cegas que levaram uma boa enxadada.

    PS: será que o Comandante Chavez e o Evo-Lhama irão pronunciar-se ?

  5. Marcos Jr.11 de outubro de 2012 às 21:10

    “Triste do povo que precisa de heróis.” (Bertold Brecht)

    Mas frases de efeito à parte, quando o STF chancelou a desocupação da reserva da Raposa Serra do Sol (mesmo em se tratando de uma extensa área de fronteira) e as famigeradas cotas raciais, eram os paladinos do “progressismo”. Agora que estão condenando os envolvidos no Mensalão, são “marionetes da mídia conservadora”…

    Decidam, ptzetes.

Publicidade

Enquete

Quem você acha que Lula indicaria hoje para o STF?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Publicidade