Blog

Não é piada: Parlamento Europeu pune Marine Le Pen por divulgar violência do ISIS

Sim isso aconteceu de verdade.

Trata-se de um fenômeno mundial. Nos EUA, deu-se com Trump; por aqui, acontece com Bolsonaro. E agora, na França, o alvo é Marine Le Pen. A tática furadíssima é ir para cima, com tudo mesmo, numa campanha massiva. E a tendência é dar tudo errado, sobretudo quando adotam expedientes pra lá de patéticos.

Esse é um exemplo clássico, e tão patético que chega a parecer mentira, mas vamos lá: o Parlamento Europeu resolveu punir Le Pen, retirando-lhe a imunidade parlamentar, porque ela divulgou a violência do ISIS. Isso mesmo. Seu “crime” foi expor, em seu perfil nas redes, as barbaridades do referido grupo radical.

Ela foi enquadrada no delito de “divulgação de imagens violentas” e, com a perda da imunidade, poderá sofrer processo criminal, com pena que vai a 3 anos de prisão e 75 mil euros (quase R$ 250 mil).

Enfim, e por óbvio, é uma maluquice. A violência foi praticada pelo ISIS, e a divulgação de imagens violentas do grupo, embora ruim para pessoas mais sensíveis, é a única forma de comprovar a todo o mundo a gravidade do que acontece – e a necessidade de que sejam combatidos.

Não por acaso, ela lidera a corrida presidencial na França.

Fonte: Veja

Mais Lidas

To Top