Blog

Operação Carne Fraca: o ponto central não é a qualidade, mas a corrupção

As piadas são boas, mas o foco deveria ser diferente.

Um dos principais equívocos acerca da Operação Carne Fraca é o foco distorcido. Sim, é claro, não dá para conter a revolta – nem as piadas – quando divulgam que estariam misturando papelão na receita de embutidos, ou tratando produtos com ácido ascórbico (Vitamina C) para disfarçar a putrefação.

Somos um país não apenas produtor, mas largamente consumidor de carnes, de modo que esse passou a ser o grande foco. Embora seja compreensível, é também equivocado.

O ponto central é a corrupção envolvendo agentes públicos que deveriam fiscalizar frigoríficos. No fim, pelo que até agora se apurou, apenas um estabelecimento teria carne em condições precárias, e seria ainda por cima um de pequeno porte.

Mais: a história do papelão seria resultado de uma confusão, pois falavam da EMBALAGEM, não do produto em si. Porém, o que fica é isso, não tem jeito. Piadas, imagens engraçadinhas, aqueles espetos com pedaço de papelão e todo tipo de “meme”.

De outro lado, também compreensivelmente, os gigantes do segmento fazendo o possível para evitar uma catástrofe.

E lá longe, bem esquecido, o ponto central de tudo. A corrupção. Não é impossível o tema sair de cena sem que se fale mais profundamente no real centro da coisa.

To Top