Blog

Pelo visto, Lula e PT perderam as ruas

O trunfo virou mico.

As esquerdas, no geral, e Lula e PT, em especial, sempre se gabaram de “ter” as ruas. Acreditavam – ou ao menos diziam isso – possuir um grande poder de mobilização e, mais ainda, um número grande de simpatizantes que tomariam as vias públicas em favor da ideologia, do partido ou do líder.

Pois nada disso aconteceu.

Na frente do prédio do Lula, no dia de sua condução coercitiva para depor, meia dúzia de gatos pingados. No dia seguinte, idem. Ninguém na Avenida Paulista. Ninguém na Candelária. Ninguém na Praça dos Três Poderes, em Belo Horizonte, Salvador, Curitiba.. Nada, nada, nada. Ficou apenas nisso: uns gatos pingados de sindicatos e associações cujas diretorias são ligadas ao partido. Aquela coisa constrangedora de divulgarem apenas fotos em “plano fechado”, pois o panorama geral era de pouquíssima gente.

Há a promessa de um grande ato para o dia 30/03, em defesa do PT, de Lula, de Dilma e sabe-se lá do que mais. É a chance derradeira de mostrarem que há alguém REALMENTE do povo além da militância ligada mais diretamente ao partido. Mas a julgar pelo que se viu nos últimos tempos, e nos últimos dias, as expectativas não são boas para eles. Além do contingente reduzido, o excesso de tempo até o dia 30 pode mais complicar do que ajudar e, para além disso, há um ato anti-Dilma e anti-PT marcado para o dia 13 – e as comparações quanto ao número de pessoas serão inevitáveis.

Plano aberto da "multidão" na frente do prédio de Lula (imagem: TV Globo)

Plano aberto da “multidão” na frente do prédio de Lula (imagem: TV Globo)

Enfim, parece que o povo mostrou de que lado está.

Mais Lidas

To Top