Blog

13 e 16/03: velório e enterro do governo Dilma

Já era.

As manifestações do dia 13/03, como já dissemos aqui, foram as maiores da história do país. O evento foi maravilhoso, pacífico, reuniu milhões e milhões por todo o Brasil, num acontecimento sem qualquer precedente. E, para piorar ainda mais as coisas, o povo resolveu sair às ruas também ontem, dia 16/03, numa espécie de “evento relâmpago”.

É como se no domingo tivesse acontecido o velório, e agora na quarta-feira houve o enterro do governo Dilma Rousseff.

Motivadas pelas estarrecedoras gravações telefônicas obtidas pela Lava Jato e divulgadas ontem, as pessoas espontaneamente foram tomando as ruas pelo país todo. Toda a ressaca do dia, que começou com o anúncio de Lula em caráter oficial como ministro de Dilma, desembocou na presença maciça do povo nas ruas, sem que houvesse um planejamento. Simplesmente foram. E em todo o Brasil!

Para piorar, a ida de Lula para o ministério de Dilma teria como motivo – além do foro privilegiado – tentar uma “coalizão” com o que restou da base aliada e ainda tentar trazer outros tantos parlamentares, bem como apaziguar os ânimos, considerando o suposto poder de articulação do ex-presidente.

Pois o resultado, como se viu, foi oposto: jogaram gasolina na brasa, e agora há uma fogueira muito maior e mais difícil de ser apagada. O governo se afundou ainda mais. No domingo, 13/03, houve o velório político do governo Dilma. Ontem, 16/03, o enterro.

Dilma Rousseff - Lula

E já vai tarde.

Notícias Recentes

To Top