Blog

39 Ministros. 6 mulheres. 1 pessoa negra. Cadê a IGUALDADE no governo Dilma?

E cadê a militância governista que alega defender essas causas de igualdade? Pois é… Como sempre, primeiro o partido, e só depois a bandeira ideológica (seja feminista, anti-racista etc.). E não esperem passeatas, abaixo-assinados, nem nada. Isso é só quando algum humorista faz piada em show de humor. Ou quando a gestão é do adversário.

A militância governista é a primeira a fazer o chamado “rastreio de melanina” em todo tipo de evento da oposição. Além deles, contribuem para isso os #jornas13 de sempre com aquelas matérias falando que são todos brancos, ricos, não há muitas mulheres etc. São observações falsas em cima de uma falácia central, mas ainda assim essa turma adora praticar esse verdadeiro esporte da busca étnica.

Então, que tal procurar no ministério da Dilma?

Trinta e nove pessoas. Apenas seis mulheres (e apenas uma pessoa negra, que ocupa simultaneamente vaga feminina).

Trinta e nove pessoas. Somente seis mulheres e apenas uma pessoa negra, que ocupa simultaneamente vaga feminina. Cadê a “igualdade”?

São trinta e nove. Repetindo: TRINTA E NOVE. Um número absurdamente alto. Porém, somente seis mulheres e APENAS UMA PESSOA NEGRA (a ministra da Igualdade Racial, que ocupa simultaneamente uma vaga feminina). São TRINTA E TRÊS homens brancos/cis e apenas SEIS fora do gênero e etnia opressores (estou usando aqui os termos empregados pela mesma militância que agora está quietinha, sem contar os que foram dar um passeio na posse porque ninguém é de ferro). Que coisa, não?

E é espantoso que o mesmo governo que tem DOIS MINISTÉRIOS para teoricamente buscar a igualdade (de gênero e étnica) é aquele com tão poucas pessoas representando gênero e etnia que alegam defender. “Façam o que eu mando, não façam o que eu faço” é a velha máxima, agora exposta de maneira irrecorrível.

E agora, o que dirão os militantes que – como sabemos e já denunciamos várias vezes – defendem PRIMEIRO O PARTIDO e só depois, bem depois, a causas? Claro que não dirão nada. Ficarão calados, talvez no máximo soltem um “tuíte crítico”, mas daqui a dois anos pedem seu voto novamente, pois os tucanos não representam a luta pela igualdade. Mostre a essa pessoa a foto do ministério da Dilma.

Notícias Recentes

To Top