Blog

A Bomba Final na Lava Jato: Palocci já fez reunião para fechar acordo de delação premiada

E seria a hora de fechar “bom” acordo.

Foto: Antonio Cruz / ABr

As mais de setenta delações de executivos da Odebrecht certamente representam a “mãe de todas as bombas”, ou seja, a de maior alcance, amplitude e poder de devastação geral. Porém, o que agora se anuncia tem outra natureza, seria mais como uma “bomba de misericórdia”. A bomba final.

Trata-se de Antonio Palocci, ministro tanto de Lula quanto de Dilma Rousseff, figura chave nas articulações petistas e apontado por Marcelo Odebrecht como operador de Lula. Ao contrário da delação da empresa, certamente não haverá planilhas envolvendo mais da metade da República, mas sim conteúdo devastador específico.

E o tempo urge: ele precisa fechar o acordo ANTES de ser sentenciado, para que as condições sejam menos favoráveis. Desse modo, faz sentido já ter havido uma primeira reunião, como informa a Folha de SP.

Se isso acontecer, de fato o cerco se fechará por completo.

Fonte: Folha de SP

Notícias Recentes

To Top