Blog

A desculpa de Eduardo Paes: roubaram as privadas do apartamento da delegação australiana

Num evento cuja preocupação com a segurança é enorme

Enquanto Dilma Rousseff presidiu o Brasil, o nome de Eduardo Paes de alguma forma parecia blindado de escândalos. Curiosamente, bastou o governo petista se enfraquecer para a boca grande do prefeito do Rio Janeiro fazer estragos em si mesmo. Depois de ser flagrado em grampo criticando a cidade de Maricá, e de oferecer um canguru como consolo às críticas da delegação australiana, o peemedebista tentou explicar à imprensa o que aconteceu para a Vila Olímpica virar o centro de tanta pauta negativa. E terceirizou a culpa à própria organização do evento alegando que as privadas e as luminárias dos apartamentos foram roubados em meio à bagunça.

Sim, roubo de privada. Os furtos teriam ocorrido no intervalo de três meses entre a conclusão da obra e a chegada dos visitantes. Mas, segundo Paes, nenhuma atitude foi tomada pelas cinco pessoas que cuidavam das chaves dos 3.600 apartamento. Na média, cada funcionário findou se responsabilizando sozinho por 720 chaves.

Tudo isso num evento que teme pela segurança de seus valiosíssimos atletas.

O Brasil está perdido. O mundo está perdido.

Mais Lidas

To Top