Blog

A ditadura da Venezuela precisa ser expulsa do Mercosul

O recente ataque à comitiva de senadores, com apoio das autoridades venezuelanas, torna ainda mais urgente a expulsão daquele país do Mercosul. O tratado tem Cláusula Democrática que impede a participação de ditaduras.

Dilma Rousseff Nicolas Maduro

A Venezuela faz parte do Mercosul, o “Mercado Comum do Sul”, o que garante ao país uma série de privilégios comerciais, inclusive com o Brasil. Mas, para fazer parte do acordo internacional, é preciso que o país seja uma democracia. Não é o caso da Venezuela, e isso foi observado desde que o país foi admitido.

Agora, para piorar, uma comitiva de senadores brasileiros foi atacada naquele país, com a anuência e a ajuda as autoridades locais. Segue trecho de reportagem da Folha, por Samy Adghirny:

“Um dos agentes da Polícia Nacional Bolivariana admitiu nesta quinta-feira (18) haver uma ação orquestrada para bloquear a passagem de um micro-ônibus destacado para acompanhar uma comitiva de senadores brasileiros que viajou a Caracas para se reunir com opositores do governo. “É evidente que é uma sabotagem. Quando vem uma autoridade estrangeira, nós os escoltamos em fluxo, contrafluxo ou em qualquer circunstância”, afirmou sem se identificar, dando a entender que a escolta poderia passar por qualquer eventual bloqueio.” (grifos nossos)

Vale lembrar que justamente Dilma Rousseff LIDEROU a suspensão do Paraguai do bloco (e o país era um dos fundadores), por alegar que houve um procedimento antidemocrático no país vizinho.

A Venezuela precisa ser EXPULSA do Mercosul, e todos os empréstimos e ajudas do Brasil àquele país devem ser suspensos, revistos e até mesmo cobrados. Mas sabemos que Dilma jamais contrariará os “amigos” bolivarianos de seu chefe.

Notícias Recentes

To Top