Blog

A nova tática do milionário Lula é um tour pelo Nordeste fazendo de conta que é pobre

Resta saber se alguém vai cair nessa lengalenga.

O PT é, antes de tudo, um produto de marketing. A propaganda tem função quase hegemônica na constituição do partido e seu grande líder, cuja personalidade é cultuada como a de um Messias.

E o messianismo petista não pode parar. Ainda que alguns dirigentes estejam fugindo de Lula, há aqueles que contam com seu apoio para as próximas eleições.

Lula - Nordeste - Foto Ricardo Stuckert PR 2008

A foto usada para tal estratégia é em meio a trabalhadores rurais, mas preferimos uma imagem um tanto mais adequada à situação recente do líder petista. Foto: Ricardo Stuckert / PR

A tática utilizada, com a já tradicional complacência de certos setores da mídia, é a de promover o que seria uma “volta às origens”. Trocando em miúdos: fazer de conta que nada aconteceu para ver se cola, com direito a Lula fazendo papel de “pobre”.

Mas talvez seja difícil colar, já que a rejeição ao grande líder é hoje altíssima.

Com palestras caríssimas, morando em apartamento de alto luxo, família toda ganhando milhões, repasses vultosos de construtoras a seu instituto, além dos casos do triplex e sítio, convenhamos, chega a ser um desaforo ele ainda posar como pobre.

De todo modo, preparem-se para a chuva de reportagens endossando a jogada de marketing. O único problema é que há muito tempo, muito mesmo!, a coisa é diferente.

Bem diferente.

Leia também: Com risco de protestos, Lula desiste de receber homenagem no interior do Ceará

To Top