Blog

Absurdo sem fim: PT cobra “explicações” do Ministro da Justiça

Segundo informações do Estadão e da Folha, José Eduardo Cardozo foi convocado oficialmente pelo PT por conta das investigações da Polícia Federal “sofridas” pelo partido.

Vivemos uma era de absurdos, na qual o nonsense é a regra. Vejam trechos de reportagem da Folha, voltamos em seguida:

“A executiva nacional do PT decidiu convidar o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a dar explicações para o partido sobre a atuação da Polícia Federal. A iniciativa foi comunicada pelo presidente da legenda, Rui Falcão, aos demais integrantes da direção da sigla na última quinta-feira (25) (…) A Polícia Federal é vinculada ao Ministério da Justiça, mas tem autonomia operacional. O PT tem cobrado Cardozo internamente, afirmando que o ministro não tem conseguido monitorar os movimentos da PF, nem cobrar isonomia da polícia. Os petistas afirmam que o partido vem sendo perseguido por investigadores…” (grifos nossos)

Vale relembrar: a PF é um órgão autônomo, que serve ao ESTADO, não ao governo, tanto menos ao PT. Não cabe ao ministro indicado por Dilma o monitoramento ou algo do tipo. E o que é isso de “perseguição”? Trata-se de uma investigação que acontece dentro das instituições democráticas.

O lamentável episódio, no fim, serve para deixar bem clara a noção de independência institucional do partido.

Notícias Recentes

To Top