Blog

Acredite se quiser: Lula culpa PORTUGAL pelos problemas de educação do Brasil

Não é piada. Sério, não é. Repetindo: NÃO É PIADA.

A mais nova batatada do ex-presidente Lula entra para aquela (já longa) lista das coisas que parecem piada, mas realmente aconteceram. Pois é. Ele proferiu o disparate em Madri, num evento organizado pelo jornal espanhol “El País”.

O “raciocínio” foi o seguinte: “Eu sei que isto não agrada aos portugueses, mas Cristóvão Colombo chegou a Santo Domingo [atual República Dominicana] em 1492 e em 1507 já ali tinha sido criada a Universidade. No Peru em 1550, na Bolívia em 1624. No Brasil a primeira universidade surgiu apenas em 1922” e, para ele, isso “justifica os atrasos na educação do Brasil“.

O Diário de Notícias, de Portugal, rebateu a sandice de Lula em grande estilo, destruindo a ideia amalucada (e obviamente errada) do ex-presidente:

“A primeira universidade brasileira foi a Universidade do Rio de Janeiro, que resultou na junção das Faculdades de Medicina, Direito e Engenharia. Ao contrário de outras ocasiões, Lula da Silva não referiu que as bases do Ensino Superior brasileiro foram lançadas muito antes, no final de século XVII e XVIII. Em 1792, foi criada a Real Academia de Artilharia, Fortificação e Desenho, instituição de ensino superior precursora da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em 1808 foi criada a Faculdade de Medicina da Baía, na sequência da chegada ao Brasil da Coroa portuguesa. O Brasil tornou-se independente de Portugal em 1822.”

Lula é inacreditável.

Leia ainda: Lula é intimado pela Polícia Federal

Mais Lidas

To Top