Blog

Acuado pelas investigações, Lula ataca o MP, a mídia e nega ser dono de tríplex e sítio

Tudo isso foi falado no evento de aniversário do PT.

Mais do que nunca, o cerco se fecha em torno de Lula. A prisão do marqueteiro de sua campanha reeleitoral (que fez as duas de Dilma) abriu uma crise generalizada. Executivos e empreiteiros presos, que não aventavam delação premiada, agora já cogitam a hipótese. Paralelamente a isso, também as investigações e provas/evidências sobre o tríplex e o sítio em Atibaia.

Dois fatos recentes acirraram ainda mais a situação. Primeiro, o advogado do (ex?) amigão de Lula, Bumlai, negando sua versão sobre o síto de Atibaia e, com isso, colocando o ex-presidente em péssimos lençóis. Depois, a nova intimação para depor no MP, depois de todo o desgastante – e inútil – processo para tentar anular isso.

Em face desses fatos todos, Lula esbravejou no evento de aniversário do PT. Resolveu atacar a mídia, o MP e negou ser o proprietário do tríplex de frente para o mar, no Guarujá, e também do sítio em Atibaia. A negativa é um direito, sem dúvida, mas é preciso vir acompanhada de provas – especialmente para enfrentar as evidências, e também as provas, já apresentadas. Já o ataque à mídia e ao MP é o velho hábito de bravatear.

Lula - Foto Ricardo Moraes Reuters

Mas o momento, convenhamos, não pede bravatas. Pede explicações objetivas e concretas. E elas ainda não vieram.

Notícias Recentes

To Top