Blog

Afastada, Dilma abusa da estrutura pública; Collor usava advogados e residência particular

Processo da petista já consumiu 8 vezes mais tempo que seu equivalente de 1992.

Ainda que de reputação igualmente questionável, Fernando Collor de Mello caiu com muito mais dignidade do que Dilma Rousseff. E dois fatos exemplificam bem as posturas distintas.

Enquanto a petista faz questão de ocupar a residência oficial da Presidência da República transformando-a num bunker contra o que chama de golpe, o hoje Senador, uma vez afastado, trabalharia a própria defesa direto da Casa da Dinda, residência própria.

O ex-presidente buscaria se defender com o auxílio de advogados particulares. Dilma não viu qualquer problema em transformar o advogado-geral da União em seu defensor privado.

Isso para não falar no estrago econômico que as chicanas exploradas pelo petismo acarretaram ao país, fazendo com que o atual processo supere em oito vezes a duração do anterior.

Ainda que para ser investigado pela Lava Jato, Collor conseguiria voltar à vida pública. Dilma conseguirá o mesmo?

Mais Lidas

To Top