Blog

Agora réu, presidente do Bradesco já foi convidado por Dilma para o Ministério da Fazenda

Luiz Carlos Trabuco vem sendo investigado pela operação Zelotes por suspeita de compras de decisões do CARF.

Quão próximo Luiz Carlos Trabuco era do governo Dilma Rousseff? Basta lembrar que a presidente agora afastada já convidou o presidente do Bradesco para comandar o Ministério da Fazenda. Convite negado, para o seu lugar seria nomeado Joaquim Levy, que trabalhava na divisão de gestão de ativos do… Bradesco! A aproximação era tamanha que, quando o país só falava em impeachment, ele fora à Folha insinuar que o processo não seria a solução para o Brasil.

Pois bem… Luiz Carlos Trabuco agora é réu. Porque um juiz da 10ª Vara da Justiça Federal aceitou, em Brasília, denúncia do Ministério Público contra o presidente do Bradesco e outros nove envolvidos no esquema de corrupção do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

O caso é investigado pela operação Zelotes. A suspeita é de que os réus tenham negociado com um grupo que comprava decisões do CARF. A sigla é responsável pela avaliação de débitos de grandes contribuintes com a Receita Federal.

To Top