Blog

Alerta vermelho na oposição: a rejeição dos mais cotados para 2018 anda bem alta

Apesar de Lula ser dono do pior índice (55%), ele não está longe de Aécio, o melhor índice, com 47%.

Além da Zelotes, ocupou o noticiário nessa manhã de segunda a pesquisa Ibope que mostrava Lula, possível candidato a presidente em 2018, com a rejeição mais alta: 55%. O problema maior, no entanto, é ele não estar numa situação tão pior do que a de possíveis adversários. Aécio Neves é quem mais pode comemorar com “apenas” 47%. Marina Silva, terceira colocada em 2014, rejeitada por 50% dos entrevistados.

aecio-x-marina-tucano-afirmou-pessebista-dissemina-inverdades

Outros nomes foram testado e igualmente fizeram feio. Ciro Gomes e Geraldo Alckmin possuem 52% de rejeição cada. O senador José Serra está quase empatado com Lula em 54%.

Outro agravante é o fato de Lula ser dono da maior fatia de “voto cativo”, ou o eleitor que já tem a certeza de votar nele, o que pode ser considerado como um piso. Com 23%, o ex-presidente guarda uma boa vantagem para Aécio Neves, com 15%, e mais que o dobro de Marina Silva, com 11%.

Este foi o grande fator trabalhado pela propaganda petista em 2014. Até fazer de Dilma a candidata menos rejeitada, o PT apenas batia em seus adversários. Com a rejeição a Aécio e Marina ultrapassando a da presidente, o jogo virou e passaram para um discurso “propositivo” – com a força do TSE, que passou a proibir a pancadaria no horário eleitoral. Quem presidia o TSE? Dias Toffoli, ex-advogado de campanhas de Lula.

Notícias Recentes

To Top