Blog

Alunos retomam escola “ocupada” em SP; estes realmente querem estudar

A maioria silenciosa resolveu reagir.

Escola Retomada - Imagem Rede Globo

As esquerdas passam por um momento ruim, o que nos leva a afirmar que o país, portanto, passa por um bom momento. Perderam nas ruas, onde suas manifestações são microscópicas perto das anti-governo, e agora começaram a perder também nas escolas ocupadas – e não é segredo o vínculo político-partidário desses movimentos.

Também vale lembrar o prejuízo de algumas outras “ocupações” e até mesmo jovens detidos com notebooks de escola.

O prejuízo, por óbvio, é dos alunos. Não só pelos materiais subtraídos ou pelos bens depredados, mas também pelas aulas que perdem, prejudicando o ano letivo e todo o processo educacional.

Mas parece que agora a reação começou. A minoria silenciosa, a exemplo do que aconteceu no cenário nacional, está também combatendo a “esquerdopatia setorizada”. Alunos, pais e professores retomaram a ETEC Profesor Basilides de Queiroz, na zona oeste de São Paulo (e, sim, encontraram muitos bens danificados).

Na esquerda, quem representa os trabalhadores não trabalha, quem representa os intelectuais não pesquisa e, a exemplo disso, quem representa os alunos também não estuda. Ok, é o jeito deles, mas que façam esse teatro ideológico sem atrapalhar os que querem trabalhar, pesquisar e estudar.

Parabéns aos alunos pela reação!

Lembrando, por fim e obviamente, que jamais deve haver qualquer violência nesse tipo de retomada. Tudo sempre pela lei, pela ordem, pela civilidade e pela justiça.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Notícias Recentes

To Top