Blog

Amado Batista, que foi preso e torturado: “prefiro a ditadura a essa anarquia que está hoje”

A declaração causou polêmica.

Imagem: "Histórias das Canções", EBC

O cantor Amado Batista provocou polêmica no talkshow de Fabio Porchat, na TV Record. Isso porque, apesar de ter sido preso e torturado durante a ditadura militar, ele defendeu a volta do regime. E em termos contundentes:

“Prefiro a ditadura a essa anarquia que está hoje”

Ainda aproveitou para declarar o que pensa sobre a eleição presidencial:

“Democraticamente, tem que ser Jair Bolsonaro”

Lembrando que, quando perguntado sobre a tortura sofrida, o próprio cantor disse que seria um “castigo de criança“.

No mais, claro que a polêmica agora está instaurada.

Fonte: Veja

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Notícias Recentes

To Top