Blog

Análise: o correto é Temer sair, mas seu substituto tende a ser pior para a Lava Jato

Eis o dilema.

Falando apenas pela convicção moral, a renúncia de Michel Temer, o quanto antes, continua sendo o mais acertado. Porém, é preciso também trazer o cálculo político de uma eventual troca. E a conta não é exatamente positiva. Vamos lá.

Em primeiro lugar, o único cenário possível é de eleição indireta mediante renúncia. A esquerda defende “diretas já” por uma mistura de má-fé e burrice, cabendo ao leitor calcular as proporções de cada ingrediente. E impeachment não acontecerá porque não há votos bastantes e nem tempo hábil para isso.

Passado o óbvio, vem o cálculo: há três forças relevantes no Congresso. O antigo governismo, o novo governismo e os fisiológicos. Os parlamentares com alguma ideologia não formariam um time de futebol de salão – a menos que escolhessem o sistema goleiro-linha.

E o que as três forças relevantes têm em comum? A Lava Jato. Qual nome agregaria mais votos de todos os lados? Aquele que topasse melar.

A saída de Temer segue sendo a opção moralmente defensável, e insistiremos quanto a este caminho ser o correto, mas não dá para ser ingênuo a ponto de supor que este Congresso escolherá um nome melhor na defesa das apurações. Ou fica tudo igual ou – e é o provável – piora. Sim, Tiririca estava brincando quando inventou o slogan de sua campanha.

Por pior que seja a atuação do atual presidente quanto a isso, todas as tendências mais óbvias levam a crer que, em seu lugar, colocarão alguém com total comprometimento a respeito da missão central. Talvez tome alguma atitude populista (como a liberação do FGTS), certamente manterá as reformas, mas o foco tende a ser o comentado nesta análise.

Então, é isso. Não há final feliz. Formular teses como “passa o trator em tudo, depois joga sal por cima” é bom para desopilar o fígado, mas é algo inviável e evidentemente impossível. Considerando apenas o mundo real, esse é o quadro.

Estejamos preparados para o pior. E também para o pior ainda.

Notícias Recentes

To Top