Blog

Análise: Reforma da Previdência é necessária, mas o problema real mal será arranhado

Em breve, terá de ser apresentada outra.

Sim, alguma reforma é melhor do que nenhuma reforma, e a Previdência Social constitui talvez o maior problema para as contas públicas. Desta feita, seguimos apoiando, mas é necessário apresentar críticas.

E elas não são poucas.

Não é preciso ser um gênio das finanças para constatar que o maior problema não está no aposentado privado. O “trabalhador comum”, por assim dizer, é quem paga mais e recebe menos. Se há algo a ser mudado, não deveria ser preferencialmente com ele. Mas esse mesmo empregado privado não tem o lobby e a força de funcionários públicos e carreiras “diferenciadas”.

O texto atual mantém privilégios e regalias, mal arranhando o centro da questão. Sabemos, é claro, que as mudanças ocorrem aos poucos e que, mesmo tímida, esta reforma terá dificuldades para passar.

Assim, o problema será empurrado com a barriga. Ok, melhor que nada, mas é isso mesmo. O próximo Presidente da República terá de revisar a previdência por completo, e começando pelos que detém vantagens. Não será fácil, não será simples, haverá protestos.

Mas é isso, ou o país quebra.

To Top