Blog

Ao contrário dos bolivarianos, Europa e Estados Unidos reconhecem impeachment como democrático

Essa divisão ajuda a deixar claro qual dos lados é pró-democracia e qual é pró-autoritarismo esquerdista.

Os “democráticos” países bolivarianos não reconheceram o impeachment de Dilma Rousseff. Soltaram as bravatas de sempre, com aquela patacoada de chamar embaixador, corta relações etc. Já explicamos aqui: esses países tem em comum (além da falta de democracia) o fato de que foram financiados pelo governo brasileiro nas gestões petistas.

Não existe bolivarianismo grátis, não é?

A parte mais divertida é que tanto União Europeia quanto os EUA, apesar das pressões ideológicas daquele-pessoal-de-sempre, obviamente reconheceram como legítimo e democrático o processo de impeachment.

Quem entende mais de democracia: União Europeia e EUA ou Venezuela, Bolívia e Equador?

Pois é.

To Top