Blog

Após condenação, mensaleiro usou verba de gabinete para melhorar imagem nas redes sociais

joao Paulo Cunha

De acordo com o jornalista Fábio Zambeli, da Folha, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) usou parte da verba de gabinete para contratar uma empresa especializada em marketing nas redes sociais. A verba deveria ser usada para pagar o salário de assessores contratados sem concurso público.

A empresa responsável por cuidar da imagem do deputado condenado por peculato e corrupção passiva, a MPI Digital, já havia sido usada nos meses que antecederam o julgamento do mensalão. A contratação está registrada sob a rubrica “divulgação da atividade parlamentar”.

Em julho do ano passado, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), concedeu aumento de 30% na verba de gabinete, elevando para R$ 78 mil o valor do benefício.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Notícias Recentes

To Top