Blog

Após o impeachment de Dilma, projeção para o PIB de 2017 ficou quase 5 vezes maior

Dias melhores virão

Quando Dilma Rousseff foi reeleita, imaginava-se que o PIB do Brasil em 2017 chegaria a crescer 2,31%. Mas aos poucos o otimismo dos técnicos do Banco Central e do Departamento Econômico do Bradesco foi cedendo à realidade: a gestão petista era uma fraude, ao menos contábil. E o cálculo iniciaria o processo de expulsão da petista via impeachment com seu pior resultado: 0,24%.

Mas tudo mudaria desde então. E rapidamente. Com a derrota de Dilma na Câmara dos Deputados em 17 de abril, a curva voltou-se ao alto pela primeira vez em meses. E vem seguindo em trajetória de crescimento. Agora, está quase cinco vezes maior, atingindo 1,12%.

impeachment

Onde irá parar? A continuar nesse ritmo, o governo Temer cumprirá a meta prometida de crescimento em 2%. Claro que muita água rolará. Mas a maior onda está prometida para o final de agosto, quando o PT será expulso em definitivo da Presidência da República.

Dias melhores virão.

Notícias Recentes

To Top