Blog

Atrasada há cinco anos, obra da transposição tem mais irregularidades

Ministério da Integração aponta indícios de fraude em cinco dos 14 lotes da transposição do São Francisco

[youtube width=”620″ height=”380″]http://youtu.be/fg1ax7RLuTE[/youtube]

Pelo menos cinco dos 14 lotes da transposição do São Francisco estão irregulares. De acordo com a jornalista Vera Magalhães, da Folha, o Ministério da Integração encontrou fraude nos lotes 1,2,9,10 e 11 da obra que está atrasada em cinco anos. Até agora, o governo conseguiu concluir apenas a varredura do lote 9. Os demais processos serão investigados pela Consultoria Jurídica do ministério e devem ser entregues até abril. Parte do processo já foi encaminhado ao Tribunal de Contas da União (TCU) e ao Ministério Público Federal.

A investigação foi iniciada em maio de 2012, quando empreiteiras contratadas tentavam receber por serviços não realizados, incluindo escavações e retirada de pedras de locais onde não havia canteiros. A análise não estimou o prejuízo aos cofres públicos.

Em janeiro deste ano, reportagem do Fantástico, da Rede Globo, mostrou o atraso nas obras e a degradação de vários trechos já construídos. Pelas estimativas do TCU, os prejuízos na obra de transposição já ultrapassaram os R$ 700 milhões.

No vídeo acima, resgatamos trechos do discurso de Lula em São José de Piranhas, na Paraíba. Faltando 17 dias para entregar o cargo, o ex-presidente garantiu que a obra seria entregue em 2012. Dois anos depois, coube a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, dar novo prazo à fanfarronice do antigo chefe. Pela nova previsão, a obra será entregue em 2015. Isso se “aquele pessoal” (do nordeste) tiver “fé”, claro.

Pela celeridade do processo, o estoque de promessas do PT está garantido para mais duas campanhas eleitorais.

Mais Lidas

To Top