Blog

Áudios revelam intimidade de Dirceu com Gilberto Miranda, ex-senador indiciado por corrupção

Homem identificado como “Rodrigo do Zé Dirceu” marca reuniões e pede favores em nome de mensaleiro

miranda_dirceu

Mais gravações feitas com autorização judicial pela Polícia Federal foram divulgadas nesta segunda (28). Nelas, um homem que se apresenta como assessor de José Dirceu marca reuniões e pede favores ao ex-senador Gilberto Miranda (PMDB-AM), indiciado por suspeita de comprar pareceres que permitiram sua permanência na Ilha das Cabras, em Ilhabela, litoral norte de São Paulo.

Miranda construiu uma mansão e um heliporto na ilha e queria regularizar a situação. Como trata-se de bem da União, coube à Advocacia Geral da União (AGU) opinar sobre a intervenção. De acordo com a investigação da PF, José Weber Holanda, afastado do cargo de advogado-geral-adjunto da União, teria ajudado o ex-senador na ocupação da ilha, além de ser responsável pela aprovação de um projeto de complexo portuário de R$ 2 bilhões na ilha, que é área de proteção permanente.

Com a deflagração da operação, os pareceres da AGU favoráveis à permanência do ex-senador na ilha foram revogados.

Nos diálogos interceptados durante a Operação Porto Seguro, um homem identificado como “Rodrigo do Zé Dirceu” solicita favores ao ex-senador. Todos em nome do ex-ministro condenado por corrupção José Dirceu.

Abaixo publicamos a íntegra das conversas obtidas pelo jornal O Estado de São Paulo:

Abaixo a síntese dos diálogos:

08/11/2012 – 11h59

Rodrigo avisa que o José Dirceu chegará atrasado a almoço com Gilberto Miranda porque foi chamado para “reunião de emergência”.

09/11/2012 – 12h57

Assessor de Dirceu marca reunião do ex-ministro com Gilberto Miranda. Pede que avião busque Dirceu no dia 19. Os dois dizem que Dirceu não queria pousar no Santos Dumont à tarde, pois o aeroporto estaria cheio.

13/11/2012 – 9h29

Gilberto Miranda pede para secretária telefonar para “Rodrigo do Zé Dirceu” e remarcar reunião com o “professor” Saulo Ramos. Ramos foi ministro da Justiça durante o governo Sarney. É inimigo declarado do ministro do Supremo Celso de Mello, a quem já chamou de “juíz de merda”, conforme relato escrito na autobiografia “Código da Vida”.

14/11/2012 – 14h20

“Rodrigo do Zé Dirceu” pede avião de Miranda emprestado para levar o ex-ministro à Bahia.

Fonte: O Estado de São Paulo

Mais Lidas

To Top