Blog

Censura em pleno STF? Lewandowski quer investigar boneco inflável que o criticava

A censura judicial está indo longe demais

Ricardo Lewandowski pediu para a Polícia Federal investigar os bonecos que, numa manifestação em São Paulo, faziam uma caricatura inflável do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e do presidente do STF, o próprio Lewandowski.

O chefe da Suprema Corte disse que o “pixuleco” que o ironizava era uma “grave ameaça à ordem pública e inaceitável atentado à credibilidade” do judiciário, um ato contra a honra daquele tribunal.

janot-lewandowski

O protesto ocorreu no 19 de junho passado, quando o Movimento Nas Ruas levou a caricatura para a avenida Paulista.

Não, Ricardo Lewandowski não percebeu que a iniciativa soa um ato de grave censura.

To Top