Blog

Checamos: obviamente, João Doria NÃO é contra a prisão de Lula, em caso de condenação

Não foi o que houve.

Foto: SECOM / PMSP

Ontem, nas redes, circulou o boato de que João Doria seria contra a prisão de Lula. Alguns da esquerda o fizeram, mas a surpresa foi verificar que também do outro lado a coisa aconteceu. O Implicante mantém o compromisso de jamais endossar ondas de ataque ao lado direito, ainda que respeite e entenda de forma plena algumas divergências.

Nesse caso, e sem tomar partido, é preciso ao menos esclarecer. E não foi assim. Seguem as palavras de Doria:

“Que dispute a eleição e na sequência pague por aquilo que a Justiça determinar, porque ele será derrotado; institucionalmente, para o país, seria bom que a grande derrota de Luiz Inácio Lula da Silva fosse na eleição, porque aí sepultamos por completo essa vitimização” (grifamos)

Está claro, portanto. O trecho grifado não dá margem a qualquer dúvida.

Por que a polêmica, então? Porque ele falou como naqueles casos do futebol, o famoso “vamos ganhar na bola”, dizendo – com razão – que “seria bom”, e sem dúvida seria mesmo simbolicamente forte, uma derrota também nas urnas, enterrando qualquer narrativa mítica.

Convenhamos, foi apenas isso que ele disse. Segue o jogo.

Fonte: Folha de SP

Notícias Recentes

To Top