Blog

Ciro, novo ídolo da esquerda, apoia no Rio candidato que assumiu ter agredido a ex-esposa

Em novembro do ano passado, Pedro Paulo assumiu que agrediu a ex-esposa

Os discursos inflamados de Ciro Gomes contra o governo Temer ou qualquer coisa que se aproxime do peemedebista não têm outro objetivo senão alçar o político cearense a nome mais forte da esquerda em 2018. O pior: parte da esquerda está caindo na conversa dele. Mas o ex-deputado pode ter dado um tiro no pé ao apoiar Pedro Paulo na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro.

O candidato de Eduardo Paes, em novembro do ano passado, após seguidas negativas, assumiu que agrediu a ex-esposa. Nos laudos das perícias, constam socos, chutes e empurrões, além de um dente quebrado. Nada disso impediu Ciro Gomes de conferir-lhe o devido apoio na disputa.

Em 2018, se for mesmo o grande nome da esquerda na disputa presidencial, terá muito o que explicar aos eleitores.

Mais Lidas

To Top