Blog

Companhias circenses e de teatro repudiam Tiririca: palhaço devia votar contra o impeachment

Sobre o impeachment, um palhaço reclamou que “quem está presidindo o processo não é nada sério”.

O Brasil não é só uma piada por conceder votações recordes a palhaços, mas também por haver associações circenses e de teatro dispostas a defender a corrupção do governo Dilma Rousseff. De acordo com O Globo, “palhaços profissionais, grupos circenses e companhias de teatro divulgaram um manifesto em repúdio ao deputado federal Tiririca” por ter votado “sim” à abertura de processo de impeachment da presidente.

Um trecho da nota diz:

“Nós, palhaças e palhaços profissionais, brasileiros e estrangeiros engajados na defesa da democracia do Brasil, manifestamos nossa mais completa insatisfação e repúdio em relação à postura e ao voto de vossa excelência.”

O diretor da companhia Parlapatões, Patifes e Paspalhões, o palhaço Hugo Possolo, se disse traído pelo deputado federal, que teria prometido votar contra o projeto. Esperamos que ele não tenha ficado triste com a traição:

Mais Lidas

To Top