Blog

Contra a vontade do exército, Dilma encomendou R$ 4 bilhões em armas russas; Temer cancelou

A compra havia sido acertada após uma reunião entre Rousseff e Vladimir Putin

Em 2012, contra a vontade das forças armadas, Dilma Rousseff encomendou US$ 1,3 bilhão em armamento russo. Na cotação atual, a farra com o dinheiro público sairia acima dos R$ 4 bilhões. Segundo Estadão, o pedido incluía “três baterias, mais suprimentos, do sistema de defesa antiaérea Pantsir-1“.

Só em contrariar a vontade dos comando militares brasileiros já torna a decisão absurda. Nascer após uma reunião com Vladimir Putin deixa tudo muito suspeito. Uma compra dessa magnitude na crise atual seria uma insanidade.

Pois bem… O governo Temer tinha poderes para evitar ao menos este último. E assim o fez. Cancelou as negociações.

Que todo este volume de dinheiro ganhe vida mais útil.

Fonte: Estadão

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Mais Lidas

To Top