Blog

Controladoria Geral da União confirma prejuízo de US$ 659 milhões com Pasadena

Em relatório da CGU, também foi apontado que a estatal aceitou cláusulas benéficas à sua então sócia na companhia, a belga Astra Oil.

Da Folha de S.Paulo:

pasadena_i-139935-e1396624817160

A Controladoria Geral da União confirmou, em relatório finalizado nesta quinta-feira (18), que a Petrobras pagou quase R$ 2 bilhões (US$ 659 milhões) a mais pela aquisição da refinaria de Pasadena, nos EUA. O valor é menor que os US$ 792 de prejuízo apontado pelo TCU, mas confirma os mesmos argumentos que levaram o órgão de controle externo ligado ao legislativo a apontar o prejuízo. O principal argumento da Controladoria para apontar o prejuízo na compra é que a Petrobras não se baseou numa avaliação de uma companhia internacional contratada por ela para avaliar o preço da refinaria e pagou por ela pela rentabilidade que imaginava que Pasadena teria com os investimentos que a própria Petrobras faria. Ainda, foi apontado que a estatal aceitou cláusulas benéficas à sua então sócia na companhia, a belga Astra Oil.

To Top