Blog

Copa de 2014 entra na mira do FBI

Governo teme até onde podem chegar os resultados das investigações

A polêmica e cara Copa do Mundo organizada no Brasil em 2014 é o novo passo das investigações do FBI que derrubaram toda a cúpula da FIFA, entidade máxima do futeblo. É o que informa esta reportagem da Veja:

Os contratos referentes à Copa do Mundo de 2014 firmados pela Fifa e seus parceiros comerciais serão examinados pela Justiça dos Estados Unidos. O foco da investigação será a relação entre Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, e Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF e do Comitê Organizador da Copa (COL). Os dois dirigentes estão na lista do FBI de suspeitos de crimes financeiros e envolvimento em fraude relacionados com o futebol.dilma-cria-bolsa-copa-com-diaria-de-ate-r-581-para-ministros-e-servidores-federais650x490_6428aicitonp17tksq1gc1otkcg1mse1avaotb1

Os investigadores querem saber se houve algum tipo de troca de favores ou irregularidades nos contratos que Valcke e Teixeira assinaram durante os cinco anos em que trabalharam juntos na organização do Mundial no Brasil. O fato de Teixeira ter se mudado para os Estados Unidos – onde uma série de empresas patrocinadoras do Mundial mantém suas sedes -, em 2012, também aumentou o interesse do FBI. Oficialmente, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos se recusa a comentar o caso, mas fontes próximas ao processo confirmaram ao jornal O Estado de S.Paulo nesta quinta-feira que a relação entre Teixeira e Valcke será examinada.

Notícias Recentes

To Top