Blog

De 2006 até hoje, MinC já autorizou Bethania a captar R$ 10,5 milhões

Tá na Folha, reportagem do caderno Ilustrada, por Bernardo Mello Franco. O trecho mais interessante vai a seguir:

“Incluindo o blog, o ministério já autorizou Bethânia a captar R$ 10,5 milhões para seis projetos culturais desde 2006. Por problemas no sistema de acompanhamento virtual da pasta, não era possível saber ontem a quantia que ela chegou a arrecadar.” (grifos nossos)

Comentário
São mais de DEZ MILHÕES que seriam recolhidos em forma de tributos, mas foram direto para projetos da cantora. Quais projetos? Uma TURNÊ, p.ex., recebeu autorização para captar R$ 1,5 milhão – uma comissão do MinC foi contra, mas o Ministro passou por cima da deliberação técnica.

Bethânia precisa disso? Não. Mas a a lei de incentivo – que é usada por MUITOS E MUITOS E MUITOS ARTISTAS CONSAGRADOS – tem um mecanismo estapafúrdio. Produções obviamente lucrativas, é claro, não precisam desse tipo de estímulo e, nesse sentido, não precisariam pedir. Mas pedem. Por quê? Simplesmente porque a grande empresa investe, FAZ PROPAGANDA, e abate TODA A GRANA dos impostos.

Somos nós pagando para o artista, e também para grandes empresas fazerem propaganda gratuita – e ainda por cima posar de beneméritas, ‘mecenas’ etc. Em vez de um grande banco ou uma multinacional recolher dinheiro que (em tese) iria para saúde ou afins, eles põem essa grana em produções privadas, QUE DÃO LUCRO, fazendo propaganda sem gastar um centavo.

E aí uma turnê arrecada milhões e milhões, mas o dinheiro arrecadado lá atrás volta? Não, não volta. É patrocínio público e lucro privado.

Pena que o ‘sistema’ do MinC ficou fora do ar bem no momento dessa consulta. Aliás, quem topa VASCULHAR todo tipo de projeto apresentado por artistas consagrados? Taí algo interessante para investigar…

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

To Top