Blog

Desmentindo boatos de afastamento, o PM do caso Hornet foi na verdade condecorado

A secretaria de segurança não só desmentiu o boato, como condecorou o oficial com uma Medalha de Mérito Pessoal em 1º Grau

No domingo passado, um vídeo não só viralizou na web, como pautou publicações nacionais e internacionais. Trata-se da tentativa de assalto a um proprietário de uma motocicleta Hornet, tentativa essa frustrada graça à ação imediata de um PM que passava pelo local. Até o momento, já são mais de 2 milhões de visitas ao registro feito por uma câmera instalada no capacete da vítima:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=DtH3REotrdk[/youtube]

O problema é que, dias depois, correu um boato na mesma rede de que a secretaria de segurança teria afastado o policial envolvido no caso. A versão equivocada ganhou força quando o vereador Coronel Telhada fez um duro pronunciamento na câmara se indignando com o afastamento. A secretaria não tardou a soltar uma nota desmentido o boato:

A Polícia Militar esclarece que o oficial da corporação envolvido em uma ocorrência de tentativa de assalto ao proprietário de uma motocicleta no sábado (12/10) não foi afastado de suas funções.

Reafirmamos que a ação do policial foi legítima e correta, com a observância das técnicas policiais, não estando relacionada nos casos que determinem avaliação psicológica para inclusão no Programa de Acompanhamento e Apoio ao Policial Militar (PAAPM).

(grifos nossos)

A nota está em sintonia com a opinião do próprio governador de São Paulo, o tucano Geraldo Alckmin:

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), confirmou nesta segunda-feira, 14, a versão divulgada pela Polícia Militar (PM) e afirmou que a ação do policial que foi filmado atirando num criminoso “foi legítima”. “A minha opinião é que a atitude do policial foi legítima e correta”, comentou.

(grifos nossos)

A rádio Bandeirantes conseguiu uma entrevista exclusiva com o oficial, que segue, por motivos óbvios de segurança, preferindo preservar o nome. O áudio pode ser conferido aqui. Abaixo, segue um trecho da de sua fala:

“Observei a chegada das duas motocicletas e percebi que a motocicleta que vinha atrás vinha com dois indivíduos. Um deles apontou a arma e anunciou o roubo. Tinha muita gente ali, muitos veículos passando e eu fiquei aguardando o melhor momento para agir e se houvesse esse melhor momento, né? Eis que, de repente, houve um bom momento para agir, que eu reduzi a possibilidade de resistência do infrator. Me aproximei dele, pedi para ele levantar as mãos, infelizmente ele não obedeceu, tentou tirar a arma da cintura e foi o momento em que a gente infelizmente teve que efetuar os dois disparos, mas que não foram mortais. Então, graças a Deus, deu tudo certo na ocorrência.”

(grifos nossos)

Na continuação da entrevista, o PM ressalta ser esta uma situação rotineira do seu trabalho e que só repercutiu graças à filmagem que veio cair na web. Pelo episódio e por todo o trabalho desempenhado na região onde atua, o oficial foi condecorado na sexta-feira com uma Medalha de Mérito Pessoal em 1º Grau.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

To Top