Blog

DESPERDÍCIOS DO PT – Parte III: Refinaria de Pasadena

O que poderia ser feito com o dinheiro gasto neste projeto que chegou a ficar quase 30 vezes mais caro que o esperado.

Dando continuidade à série de artigos que visa elencar os 10 maiores desperdícios de dinheiro nas obras faraônicas destes 12 anos de governo petista, o Implicante apresenta hoje o caso da Refinaria de Pasadena.

dlimapasadena

infografico3

Do que se trata

Localizada no Houston Ship Channel, no Texas, a refinaria de Pasadena tem capacidade para refinar aproximadamente 120 mil barris de petróleo por dia. Em 2006, a Petrobras adquiriu 50% de suas ações com a justificativa de que precisava expandir sua produção a fim de atender principalmente o mercado externo.

Orçamento original

Em 2005, antes de a Petrobras entrar no negócio, a belga Astra Oil adquiriu 100% das ações da refinaria por US$ 42,5 milhões.

Orçamento atual

Um ano mais tarde, a estatal brasileira pagou US$ 1,2 bilhão por apenas metade delas.

Estouro do orçamento

A diferença de preço entre o que foi desembolsado pela Astra Oil e pela Petrobras chega a US$ 1.157,5 bilhão (R$ 2,6 bilhões). Com esse montante, daria para construir:

Defesa do Governo

A presidente Dilma, que na época da compra fazia parte do Conselho de Administração da Petrobras, justificou seu voto a favor da aquisição da refinaria afirmando que tomou sua decisão com base em um documento que omitia duas cláusulas contratuais que, mais tarde, obrigariam a estatal a adquirir toda a empresa, cujo preço subiu ainda mais em função da demorada disputa judicial e da valorização das ações.

Mais Lidas

To Top