Blog

Diante da piada com o futebol feminino, Milton Neves enfrenta a patrulha com ainda mais ironia

A exemplo de Danilo Gentili, o jornalista também não se rendeu aos patrulheiros e os enfrentou um a um. Sem perder o bom humor.

Vivemos tempos interessantes, todos sabemos. Hoje em dia, toda e qualquer anedota acaba servindo de motivo para patrulhamento ideológico e coisas do tipo, especialmente quando quem a conta não é declaradamente de esquerda. Aí, já era! Sofrerá na mão dessa turma – que, misteriosamente, tende a silenciar diante de casos efetivamente graves quando quem os perpetra é declaradamente esquerdista.

Mas sigamos.

O jornalista Milton Neves fez dois posts com nítido viés cômico sobre o futebol feminino. Vejam a seguir:

Como se percebe, não há nada de grave, nenhum crime, nada do tipo. Mas, é claro, isso não segurou a sanha da rapaziada, que foi para cima do jornalista. Isso porque ele ainda fez uma ressalva.

Ainda assim, a patrulha não parou. Mas ele também não se deixou levar e tem rebatido a todos. A seguir, uma coletânea com as melhores respostas:

Ele não se abalou nem com os veículos que o criticaram:

 

Há quem já o chame de Mito Neves.

Enfim, foi apenas uma piada. Não há qualquer ofensa, ataque pessoal ou algo do tipo. E é seu direito, afinal de contas, gostar ou desgostar de uma modalidade esportiva. Mas a militância tratou de transformar isso num cavalho de batalha, a exemplo do que fazem com humoristas, especialmente Danilo Gentili.

E Milton Neves, seguindo justamente o método do mencionado cômico, também não se rendeu e devolveu os ataques com ainda mais sarcasmo e ironia.

Afinal, um encerramento (calma, calma, gente!)

 

Notícias Recentes

To Top