Blog

Dilma cortará benefícios sociais e despesas com servidores públicos

Tais despesas são consideradas “obrigatórias” e, acredite se quiser, há a hipótese de manter as “Pedaladas Fiscais”, que são condenadas pelo TCU.

Foto: Evaristo Sá/AFP

Foto: Evaristo Sá/AFP

Quem se lembra do “NEM QUE A VACA TUSSA”? Pois parece que tossiu e não foi pouco.

O caos instaurado nas contas públicas é tanto que até mesmo benefícios sociais e gastos com servidores públicos, DESPESAS OBRIGATÓRIAS, entram na mira dos cortes. Vejam a seguir um trecho da reportagem de Gustavo Patu e Valdo Cruz, na Folha (voltamos em seguida):

“Assessores disseram à Folha que não há outro caminho a não ser fazer um “forte ajuste” com alta de receitas e corte de despesas, inclusive obrigatórias —como funcionalismo e benefícios sociais.”

Agora, o mais impressionante:

Uma forma de cortar gastos obrigatórios é adiar repasses aos bancos oficiais que conduzem programas de financiamento favorecido. Esse tipo de manobra, entretanto, está entre as questionadas pelo TCU na análise das contas de Dilma Rousseff de 2014.”

Por fim, confiram nosso vídeo sobre as mentiras de campanha. Pois é, ela disse que não cortaria nada disso, mas…

DILMA E AS MENTIRAS DA CAMPANHAÉ justo dizer que Dilma mentiu em campanha? Ela realmente mentiu?Sim, MENTIU PRA CARAMBA! Neste vídeo, apenas algumas (já que precisaríamos de várias horas para comentar cada uma das lorotas).Divulguem! Especialmente para aquele amiguinho que diz “ah, já sabíamos o que ia acontecer, ela não mentiu não…” :)

Posted by Implicante on Quinta, 13 de agosto de 2015

Notícias Recentes

To Top