Blog

Dilma em sinuca de bico: depor ou não depor à Comissão do Impeachment no Senado?

Se não for, ficará ainda mais escalafobético falar em “golpe”; se for, será massacrada por perguntas e pela própria incapacidade de oratória.

Dilma Rousseff - Comissao de Impeachment Senado - foto Ueslei Marcelino Reuters

Que a situação de Dilma Rousseff é periclitante todos sabemos. Mas não há nada tão ruim que não possa piorar, de modo que agora um dilema gigantesco se apresenta a ela.

Ir ou não ir ao Senado Federal, depor na Comissão do Impeachment? Pois bem: não há resposta fácil.

De um lado, ela PRECISA ir. Seu advogado está lá, suas testemunhas vão – uma a uma – tentar justificar os atos do governo. Ela também precisa enfrentar as perguntas e questionamentos. E, se deixar de ir, ficará ainda mais patético (também sempre é possível piorar uma patetice) falar em golpe.

Por outro lado… Pois é… Se ela for, aí complica também. Porque Dilma se irrita muito facilmente e não tem o mais remoto controle sobre o que fala quando está sob pressão. Saem aquelas coisas que rapidamente se tornam sucesso nos zapezapes da vida.

Se não for, ela perde; se for, também.

A notícia boa é que nos dois cenários o povo e o Brasil ganham.

Notícias Recentes

To Top