Blog

Dilma vetou projeto da oposição para apresentar como “bondade” pessoal

Presidente foi à TV para anunciar medida que vetou no ano passado; projeto já havia sido apresentado por tucano

Na noite de ontem, a presidente Dilma Rousseff voltou ocupar a rede nacional de rádio e TV para apresentar um novo “pacote de bondades”. Desta vez, Dilma aproveitou o Dia Internacional da Mulher para anunciar a desoneração de produtos da cesta básica. Como de outras vezes, Dilma apropriou-se de uma proposta de terceiros para apresentá-la como iniciativa pessoal. Tudo bem que, se a medida é válida, é até bom que seja “copiada”. O problema é que, desta vez, Dilma ATRASOU o benefício em 5 meses só para usá-lo como ativo eleitoral.

A emenda que garantirá isenção de tributos que incidem sobre a cesta básica já havia sido apresentada pelo tucano Bruno Araújo (PSDB-PE). Em julho do ano passado, o projeto foi APROVADO pelo Congresso Nacional.  A proposta só não foi adiante porque a própria presidente VETOU a emenda. Como fica claro agora, o veto serviu apenas para eliminar a autoria tucana.

Parece pouco? Pois o texto aprovado por Dilma – apresentado pelo deputado José Guimarães, também conhecido como “Capitão Cueca” -, é igual ao apresentado pelo deputado tucano. Aqui você pode ler a proposta vetada por Dilma; aqui, o projeto aprovado pela presidente.

No início desta semana, Dilma afirmou que pode “fazer o diabo” para vencer uma eleição. Percebe-se que ela não estava brincando.

To Top