Blog

Doria pede autorização judicial para, em casos extremos, internar compulsoriamente viciados

Por certo, haverá polêmica.

Foto: Mister Shadow / ASI / Estadao Conteudo

O prefeito de São Paulo, João Doria, requereu autorização judicial para, em casos extremos, poder internar dependentes químicos. O pedido ocorre em meio à desativação da Cracolândia, na região central da cidade.

Nas palavras do Secretário de Negócios Jurídicos, Anderson Pomini, a internação compulsória ocorreria apenas como “última alternativa”. Hoje, os casos são todos discutidos pela via judicial individualmente.

Por certo, haverá polêmica.

Fonte: Folha de SP

To Top