Blog

Dória propõe acabar com o “cabide ideológico” de empregos em SP e a esquerda já reclamou

A ideia é manter as políticas públicas, mas extinguir os cargos. Erundina, ex-petista, reclamou. Os outros dois ligados ao PT, Haddad e Marta, ainda não falaram nada.

Primeiro, uma observação fundamental: claro que a coisa foi tratada de forma propositalmente distorcida pela imprensa. A proposta de cortar os CARGOS foi transmitida como cortar os programas e políticas – mas obviamente a lorota não tem funcionado.

Em suma, o tucano propõe acabar com aquele cabide ideológico, no qual enfurnam centenas de militantes do partido. Convenhamos, não é apenas uma ideia boa, mas necessária. É preciso que a administração pública, de qualquer esfera, seja pautada pelos princípios da eficiência e não pela leniência do compadrio.

Luiza Erundina, ex-PT e ex-prefeita de São Paulo, reagiu mal. Não gostou. Provavelmente, essa será a posição do petista Fernando Haddad, já que os cargos estão atualmente sob seu comando e também certamente será essas a posição de Marta Suplicy, que saiu do Partido dos Trabalhadores, mas ele não saiu dela.

Assim, como já prevíamos, parece que no fim das contas o debate eleitoral em São Paulo será mesmo de azuis contra vermelhos – e a disputa será sobre qual candidato representará oficialmente a turma avermelhada.

To Top