Blog

Eleições 2016: ninguém quer saber de Dilma nos municípios de SP

A rejeição é completa.

O PRB (Partido Republicano Brasileiro), ligado à Igreja Universal e que compõe a base parlamentar de Dilma Rousseff, fez levantamento sobre a popularidade da Presidente da República junto ao eleitorado, com vistas às eleições de 2016, nas quais serão escolhidos prefeitos e vereadores.

E o resultado é o que todos já imaginam: rejeição altíssima. Em um dos municípios, por exemplo, apenas 2,6% aprovam Dilma.

Pois é assim mesmo que funciona. Pode ser interessante por um lado fazer parte da base do governo, mas por outro é preciso arcar com a impopularidade na hora das eleições. E o pleito municipal não é assim tão dissociado dos estaduais e do federal: é nessa eleição mais regionalizada que se formam os palanques fundamentais para dali a dois anos.

E, pelo visto, quem estiver com Dilma não terá bons resultados.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Mais Lidas

To Top