Blog

Em 3 anos, esquerdistas já atacaram a Band, a Globo, a Record, o Estadão, a Folha e a Veja

Até quando a imprensa nacional vai alimentar aqueles que querem acabar com a sua liberdade?

Mais cedo, o Implicante lembrou o caso de Santiago Andrade, cinegrafista da Band morto em um protesto violento da esquerda brasileira. O caso ocorreu em fevereiro de 2014. Mas infelizmente não foi o único em que os esquerdistas partiram para cima da imprensa. Em 25 de outubro de 2014, o alvo foi a Veja. Em 30 de agosto de 2013, foi a Globo. Em 18 de junho de 2013, foi a Record. Em 04 de setembro de 2016, foi o Estadão. Em 31 de agosto de 2016, a Folha.

Isso para ficar apenas nos principais veículos de imprensa, já que incidentes também graves em redes locais ocorrem constantemente e pouco reverberam nacionalmente.

Até quando a imprensa vai alimentar aqueles que querem acabar com a sua liberdade?

Mais Lidas

To Top