Blog

Em vídeo, líder do MBL esfrega na cara da esquerda a hipocrisia da militância socialista

O assunto era a forma como a esquerda tenta manobrar o discurso das minorias.

Quem já participou de algum dos atos políticos do Movimento Brasil Livre saber que Fernando Holiday é a liderança do grupo mais preparada para falar em público. Para azar do representante do Levante Popular da Juventude, uma dessas organizações de esquerda que tenta colocar rédeas no discurso das minorias brasileiras. Ambos debatiam na Jovem Pan quando o segundo tentou enumerar para o primeiro os “feitos” dos programas sociais do PT.

Holiday começariam atacando o uso de recurso público para financiar militâncias petistas com a desculpa de que minorias são defendidas:

“Foram R$ 28 milhões jogados nesse ministério durante todos esses anos e esse ministério não serviu de absolutamente nada. Serviu para sustentar movimentos como o seu, que sequer ninguém conhece. Que diz que faz programas sociais nas periferias, mas que na verdade é uma grande mentira. Os únicos beneficiados por esses movimentos são aqueles atrelados a movimentos pelegos do antigo Governo Federal.”

Mas concluiria num ataque à hipocrisia da esquerda como um todo, quando usa as camadas mais jovens da sociedade como massa de manobra.

“E aí você vem falar também em incentivo aos negros, e que tem que fazer hip-hop e rap. Esse é o problema da esquerda. É achar que negro e pobre só serve pra isso, pra fazer rap e hip-hop, quando vai na propaganda do PT, o negro sempre tá lá com seu black power pichando muro. Não! Não é esse o futuro que eu acho que os negros e pobres desse país merecem. Eu acho que eles merecem muito mais. E esse é o problema de movimentos como o de vocês. E esse é o problema de partidos como o PT, como o PSOL, como o PCdoB, porque vocês nos enxergam como ratos, vocês nos enxergam como animais, nos tratam como sub-humanos. Vocês, sim, fazem isso. E aí quando vem alguém dizer que essas pessoas devem ser tratadas com dignidade, com humanidade e que ela têm sim de subir na vida, de alcançar o seu sucesso de forma independente, vocês dizem que não, que é preciso o Estado ir lá e amamentá-los. Não! Eu vou me opor a esse discurso, sim! Porque eu venho da periferia e eu sei o que você está falando. Eu sei que é verdade que os negros sofrem nesse país. Eu sei que é verdade que existe racismo, que existe discriminação, eu sei que é verdade que os negros e os pobres morrem na periferia todos os dias. Mas quem alimenta principalmente esse discurso de que todo preto pobre é bandido são movimentos como o de vocês.”

Holiday x Levante Popular da Juventude

Fernando Holiday, do MBL, participou hoje de um debate com um dos líderes do Levante Popular da Juventude, um desses movimentos que ainda defende Dilma e Lula. A certo ponto, deixou claro o que pensa sobre o pensamento esquerdista quanto as minorias.

Debate completo: https://www.youtube.com/watch?v=neu5BXtPL7k

Publicado por MBL – Movimento Brasil Livre em Quarta, 18 de maio de 2016

Para acompanhar o discurso em vídeo, basta acionar o player acima.

To Top