Blog

Em vídeo, MTST agride membros do movimento pró-impeachment de Dilma

Menos de 24 horas antes, líder do PT na Câmara havia prometido reunir militantes para agredir o MBL.

Foto: screenshot.

Foto: screenshot.

Alguns argumentarão que eles são parte da confusão e, por isso, não seriam a voz mais isenta para relatar o ocorrido. Mas basta lembrar o histórico de violência do MTST – e suas variações vermelhas – para, sem receios, dar ouvidos aos relatos do Movimento Brasil Livre, que acampava em frente ao Congresso de forma a exigir o impeachment de Dilma Rousseff.

Menos de 24 horas após o líder do PT na Câmara prometer levar militantes ao acampamento para agredirem o MBL, o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto surgiu e protagonizou as lamentáveis cenas registradas. Há dois vídeos que mostram bem a agressão. O primeiro, mais compleo:

O segundo, mostra bem como se dava toda a provocação ao MBL:

Veja momento de mais uma agressão covarde do MTST. Membros e apoiadores do MBL SENTADOS e de COSTAS para os vermelhos. Uma verdadeira resistência pacífica. Ao final do vídeo uma das moças de vermelho chuta Renan Santos pelas costas. É essa a democracia vermelha? Bem que Sibá Machado Oliveira chamou pro pau mesmo.

Posted by Movimento Brasil Livre on Quarta, 28 de outubro de 2015

Mais Lidas

To Top